NEWS DA AAMACRS

A arte contemporânea é sempre sobre o agora. As News do site da AAMACRS também. 

15/10 – MACRS RECEBE ARMARINHOS TEIXEIRA

AQUILO QUE CIRCULA, EMERGE
Abertura no 15 de outubro, às 18h, para convidados
Visitação de 16 de outubro a 21 de novembro, das 12h às 18h
Local: MACRS 4º Distrito (r. Comendador Azevedo, 256) – Bairro Floresta
Entrada franca
* As atividades seguirão todos os protocolos sanitários referentes à prevenção da Covid-19 determinados pelas autoridades públicas.

Porto Alegre recebe, pela primeira vez, uma exposição do artista paulistano Armarinhos Teixeira. AQUILO QUE CIRCULA, EMERGE será inaugurada nesta sexta-feira (dia 15 de outubro), em vernissage para convidados, na nova sede do MACRS (Museu de Arte Contemporânea do RS), e segue em cartaz até o dia 21 de novembro.

O projeto expositivo, apresentado pelo MACRS (instituição da Secretaria da Cultura do RS), e pela Galeria Clima POA, que representa o artista, também é a primeira exposição oficial do novo espaço do Museu, em um antigo depósito doado pelo governo do RS. A inauguração da mostra de Armarinhos Teixeira ainda marca a posse da nova gestão da Associação de Amigos do MACRS (AAMARCS), que terá o desafio de conduzir e acompanhar todas as etapas da construção do novo prédio do Museu. Em breve, será lançado o edital para contratação da empresa que ficará responsável pela obra, com recursos de R$ 3 milhões garantidos pelo programa Avançar na Cultura do governo estadual.

Para o MACRS, este será um momento de renovação de uma parceria importante e que marca, oficialmente, o novo projeto do Museu. “A partir dessa inédita exposição do artista Armarinhos Teixeira em Porto Alegre e no espaço da futura sede do Museu de Arte Contemporânea do RS, renova-se o apoio da Associação de Amigos do MACRS, através da sua nova diretoria e parcerias. Junto com a Galeria Clima, Tintas Killing, Instituto Iadê, MA Hospitalar e Heineken, o MAC 4D continua a expandir a sua rede de amigos e patronos para realizar grandes mostras e projetos artísticos neste novo lugar da arte contemporânea na capital. AQUILO QUE CIRCULA, EMERGE é a própria metáfora da era contemporânea e de um Museu que se movimenta e edifica sempre sob novas visões de mundo.”, destaca André Venzon, diretor do MACRS.

Para a empresária Maria Fernanda de Lima Santin, presidente da nova diretoria da Associação de Amigos do MACRS, é uma honra fazer parte da história do Museu neste momento tão importante. “A expectativa é de que esta exposição tão instigante seja uma grande oportunidade de inserir o novo MACRS na cena cultural de Porto Alegre e atrair mais associados e novos investidores para este projeto que já nasce essencial para a arte contemporânea do nosso estado e do Brasil”, acrescenta.

ARMARINHOS TEIXERA é um artista brasileiro expoente da bioart, movimento que estuda a morfologia das coisas orgânicas que estão entre a cidade, a mata e as áreas mais áridas, o que dá forma a seus trabalhos. As matérias-primas utilizadas em seus processos de fabricação são compostas por diversos produtos industriais, como poliéster, aço, borracha, algodão não beneficiado, argila e couro. “A obra de Armarinhos é marcada pela intensidade e se espalha como uma miragem contemporânea, instigando a imaginação de quem a observa”, comenta a curadora da exposição, Daniela Bousso.

A exposição AQUILO QUE CIRCULA, EMERGE conta com recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura – Pro Cultura RS, com produção da Galeria Clima, patrocínio da MA Hospitalar e apoio das Tintas Killing, Instituto Iadê, Alexandre Mendonça Vinhos e Heineken.

16/08 – ELEIÇÕES AAMACRS

Prezado Amigo do MAC,

Convocamos os associados para participarem da Assembleia Geral Ordinária da Associação dos Amigos do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul, a ser realizada no dia 31 de agosto, terça-feira, a partir das 19h, em formato de reunião online, com a seguinte pauta:

– Eleição de Diretoria para o mandato 2021 a 2023

– Outros assuntos

A realização desta assembleia é prevista no estatuto da entidade e no código civil. A participação de todos os associados é, desta forma, muito importante para garantir a transparência nas ações da gestão.

Data: 31/08/2021 (terça-feira)

Início: 19h em primeira convocação caso tenha atingido o quórum legal ou em segunda chamada às 19h15 com qualquer quórum

Término: 20h30 com tolerância de 30 minutos

Transmissão: Plataforma Google Meet.

A inscrição para recebimento do link da reunião, confirmação de presença e demais instruções, deverá ser realizada através do link abaixo na plataforma Sympla.

https://www.sympla.com.br/eleicoes-aamac-rs__1152982

Um forte abraço, até breve

Porto Alegre, 16 de agosto de 2021

Márcio Carvalho

Presidente

23/06 – O projeto ARTE CONTEMPORÂNEA RS apresenta o aguardado Catálogo do Acervo do MACRS, no próximo dia 26 de junho.

O evento será às 16h no Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul – MACRS 

Está pronto e com lançamento confirmado o catálogo geral das obras do acervo do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul – MACRS, equipamento cultural público vinculado à Secretaria de Estado da Cultura. O evento, respeitando as normas de controle sanitário e distanciamento social, será dia 26 de junho, das 16h às 18h, nas galerias do Museu, no 6º andar da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736). O projeto Arte Contemporânea RS, responsável por esta ação fundamental no campo das artes visuais, direcionou seu olhar para a catalogação do acervo do MACRS, resultando em uma publicação inédita em formato impresso e digital. O cuidadoso trabalho desenvolvido pela equipe de pesquisa, coordenado pela gestora e produtora cultural Vera Pellin, e orientado pela pesquisadora e curadora do projeto Maria Amélia Bulhões, catalogou 1813 obras de 921 artistas. Em edição trilíngue (português, espanhol e inglês), o catálogo também é apresentado em versão online gratuita para download no site www.acervomacrs.com.  A versão impressa é composta de 304 páginas e tem tiragem de 1.200 exemplares, a distribuição será administrada pela Associação de Amigos do MACRS – AAMACRS, conforme previsto pelo projeto, através do site: www.amigosdomacrs.com.br

O processo de trabalho, realizado pelo conjunto de profissionais e colaboradores, incluiu as etapas de pesquisa, documentação, digitalização, edição e impressão, demandando intensa dedicação, atenção e aprendizado. Entre os possíveis desdobramentos do projeto está a difusão e divulgação em diferentes mídias deste acervo de arte contemporânea que vem se constituindo ao longo de quase três décadas. Diferentes visões de mundo e expressões a respeito do nosso tempo estarão disponíveis a partir de agora em condição permanente. A partir do olhar desta geração de artistas se manifesta a história da arte contemporânea no Rio Grande do Sul, sendo o MACRS o principal Museu do estado focado nas atividades de preservação e conservação desta memória para as gerações futuras. 

“A edição do Catálogo do Acervo do MACRS, com 1813 obras de 921 artistas, tem caráter inédito e viabilizará à comunidade artística a promoção, difusão, preservação e acesso à informação deste valioso patrimônio cultural, além de fonte de pesquisa ao público especializado e interessado. Sua edição impressa e digital possibilitará a emersão de novos processos de leitura e significação da arte ao conhecer, de forma ampliada, todas as obras que compõem este valioso acervo, suas linguagens, diversidade de técnicas e práticas artísticas”, afirma Vera Pellin. 

Para o diretor do MACRS, André Venzon, a publicação é um forte indício da consistência desse caminho do Museu, de resgate da biografia desses artistas, doadores, gestores, servidores, estagiários e colaboradores que apontaram essa história, do seu início até hoje, para as novas gerações. Trata-se de uma publicação indispensável para todos que desejam conhecer mais sobre arte contemporânea, com toda a força e pluralidade que a sua produção representa. 

“Compartilho de uma emoção coletiva ao finalizar o projeto Arte Contemporânea RS, destinado à catalogação do acervo do MACRS, que foi um grande desafio para todos os colaboradores e uma realização pessoal e institucional”, afirma a curadora Maria Amélia Bulhões. Para a professora e pesquisadora da UFRGS “agora é possível olhar a totalidade do trabalho desenvolvido e perceber a amplitude e diversidade desse acervo, ondem se destacam obras em fotografia (469) e gravura (422), seguidas de pintura (236), desenho (167) e escultura (126), além de categorias mais recentes como vídeo (82) e livros de artistas (30), entre outras”. A leitura da publicação, assim como da exposição, propõe um exercício experimental de compreensão, que amplia significados sem criar categorias ou estereótipos, destacando obras que marcam significativamente mudanças de perspectiva na produção artística da contemporaneidade, por suas estratégias, seus recursos materiais, formais ou de conteúdo. “Certas obras investigam os universos não hegemônicos, como o feminino, o negro, o indígena ou o marginal, procurando instaurar no sistema da arte a crítica e os debates de gênero, etnias e relações sociais conflitantes. O corpo é forte presença, colocando em pauta aspectos reprimidos da sexualidade. A relação com todas essas problemáticas tem espaço no conjunto da coleção”, complementa a curadora Maria Amélia Bulhões.  

O projeto que ainda contempla uma significativa exposição do acervo no MACRS, pode ser conferida até 22 de agosto, com curadoria de Maria Amélia Bulhões, nas galerias Sotero Cosme e Xico Stockinger, além do espaço Vasco Prado, no 6º andar da CCMQ. De forma presencial e também virtual, o público pode conferir mais de setenta obras em diferentes suportes, marcando a multiplicidade e representatividade desse acervo. 

Arte Contemporânea RS é um projeto realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº 14.017/2020, com o financiamento da Secretaria de Estado da Cultura do RS, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo do Governo Federal. 

EQUIPE PROJETO ARTE CONTEMPORÂNEA RS 

Produção/ Digrapho Produções Culturais – Carla Pellin D’ávila 

Organização e Coordenação Geral – Vera Pellin 

Pesquisa, catalogação e curadoria – Maria Amélia Bulhões 

Auxiliares de pesquisa e catalogação – Caroline Ferreira, Luiz Felipe Schulte Quevedo, Nina Sanmatin, Malena Mendes, Mirele Pacheco, Kailã Isaias 

Fotografia – Viva Foto – Fabio Del Re / Carlos Stein 

Web Site – Laura Sander Klein 

Design Catálogo – Janice Alves / Ângela Fayet 

SERVIÇO: 

Lançamento do Catálogo do Acervo do MACRS / Projeto Arte Contemporânea RS 

Dia 26 de junho, das 16 às 18h no MACRS, 6º andar da Casa de Cultura Mario Quintana – Rua dos Andradas, 736, Centro Histórico, Porto Alegre/RS. 

Exposição coletiva do acervo MACRS / Arte Contemporânea RS 

Visitação até 22 de agosto de 2021, de segunda a sexta, das 10h às 18h, sábado das 13h às 18h, galerias Sotero Cosme e Xico Stockinger e Espaço Vasco Prado, 6º andar da Casa de Cultura Mario Quintana – Rua dos Andradas, 736, Centro Histórico, Porto Alegre/RS. 

Informações para a imprensa: 

Bebê Baumgarten Comunicação 
51 3028.4201 / 98111.8703 
bebe@bebebaumgarten.com 

www.bebebaumgarten.com 


17/11 – Imagine +: novo projeto artístico de Ana Mähler exposto no MACRS IV Distrito. Uma ideia que vai revitalizar bondes históricos e parte da sede do Museu.

Imagine um mundo com muito mais. Mais gentileza, mais solidariedade, mais sorrisos. O novo projeto da artista visual Ana Mähler, com curadoria de Letícia Lau, aborda exatamente essa nossa vontade interna de procurar por mais positividade. O nome já nos diz tudo: “Imagine +” e veja o quanto a palavra e a ação podem transformar nossas vidas. 

Este projeto idealizado em parceria com a AAMACRS, conta com 300 peças que compõem a instalação artística com 22 palavras que pedem mais ao universo. Desde humildade, até ética e fé. São quadros feitos em mdf com 30cmx30cm, nos quais são adicionados uma palavra-cartão envolta em folhas de ouro, todos selados com acrílico. Você pode ver imagens dos módulos abaixo, conferindo a ideia na prática.  

Além dessa marca social encantadora, o projeto artístico também leva transformação por todos os lados. O trabalho será exposto na Sede do MACRS no IV Distrito (R. Comendador Azevedo, 256) e terá parte da verba destinada à revitalização dos bondes históricos de Porto Alegre (doados pela Polícia Civil) e da própria sede do Museu. 

As características marcantes das artes não param por aí. Cada peça também traz em sua composição a simbologia da reciclagem. Todos os 300 módulos foram desenvolvidos através da reutilização de outro trabalho da artista, representando a transformação que podemos criar no mundo. 

Além disso, Mähler também simbolizou o quanto cada pessoa pode ajudar no caminho para o futuro. Ao adquirir uma das obras que compõem a instalação, você terá seu nome gravado no lugar da peça adquirida, sendo posteriormente aplicado dentro dos bondes restaurados em caráter permanente. A ideia é agregar à estrutura da obra os nomes de quem apoiou a causa, num conceito de construção mútua entre artista e público. Assim, a proposta de uma corrente positiva se estabelecerá e atingirá sua completude. 

A abertura da exposição ocorrerá no dia 28 de Novembro das 10h às 18h e poderá ser visitada a partir de 1º de dezembro, de terça a domingo, das 12h às 17h, até o dia 12 de dezembro de 2020. É importante lembrar que serão observados todos os protocolos sanitários de segurança à COVID-19.

Quem quiser apoiar essa transformação, já pode começar. As peças de arte já estão disponíveis para pré-venda on-line no site www.imaginemais.anamahler.com ou pelos

WhatsApp (51) 999770828 e (51) 985312239. Porém, a retirada das unidades compradas acontece após a inauguração da instalação no MACRS. O valor simbólico unitário é de R$375,00. 

Apoiadores do projeto:

Transportes Mähler, Macaronni, Todeschini, Maikel Marques Movelaria, LS8 Consultoria,

Nilton Santolin Fotography, Luís Ventura Fotografias, Tintas Killing, Brascril, VW Atelier

Coletivo e Orginal Art.

Produção: Babilônica Arte e Cultura.

Realização: Ana Mähler Arte + Arquitetura e Associação dos Amigos do MACRS (AAMACRS)

Apoio Institucional: Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (MACRS) e

Secretaria da Cultura do Estado do Rio Grande do Sul.

Um pouco mais sobre a artista. Conheça Ana Mähler. 

Artista visual e Arquiteta

Natural de Santa Cruz do Sul, RS (1982). Dedica-se à pintura desde 2010, orientada pela artista Vera Wildner até 2017, com uma produção em pintura e projetos instalativos voltados às questões do espaço. Recebeu Prêmio Aquisição do 20º Salão de Artes Plásticas da Câmara Municipal de Porto Alegre em 2014, e também foi selecionada no 22º Salão de Artes Plásticas da mesma instituição. Expôs nos principais museus do estado e galerias de arte. Destaque para a individual “Siga a Regra de Ouro”, no MARGS, em 2018 (obra reutilizada em “Imagine +”). Possui obras nos acervos do MACRS, MARGS e Câmara Municipal de Porto Alegre.

Na última semana de Setembro de 2020, o MACRS recebeu grandes marcos de Porto Alegre em sua sede: dois bondes elétricos que circularam na cidade até 1970. 

25/09 – Bondes elétricos de Porto Alegre no MACRS. 

Na última semana de Setembro de 2020, o MACRS recebeu grandes marcos de Porto Alegre em sua sede: dois bondes elétricos que circularam na cidade até 1970. 

A história e a arte se unem mais uma vez e ganham o salão do MACRS como palco para esse incrível encontro. Agora, os bondes vão levar, simbolicamente, o público para conhecer o novo lugar da arte contemporânea no IV Distrito da Capital.

Abaixo, você acompanha as matérias divulgadas sobre a ação e ainda confere as imagens e o vídeo do dia em que os dois bondes elétricos chegaram ao MACRS.

Confira as imagens das galerias do MACRS na Casa de Cultura Mario Quinata e as plantas de cada uma delas logo abaixo.

Galeria Sotero Cosme

Galeria Xico Stockinger

Plantas

Acompanhe as imagens e o teaser da cobertura do MAC ABERTO, Exposição Dos Trabalhos das Faculdades de Arquitetura sobre o Mac IV Distrito.

Fotos by @niltonsantolin.

Drones, edição e finalização @zecarlosdeandrade
Imagens @duduwannmacher
Realização @firmafilmes

Curso Produção Executiva em Artes Visuais – planejamento e execução de exposições, ministrado por Jaqueline Beltrame, ocorre dias 17 e 18 de dezembro, no Hub Criativa Birô, na Casa de Cultura Mario Quintana.

Acontece nos dias 17 e 18 de dezembro de 2019 o curso Produção Executiva em Artes Visuais – planejamento e execução de exposições, ministrado por Jaqueline Beltrame. O curso abordará as diversas etapas de realização de exposições, visando capacitar profissionais da área. Dentre os tópicos abordados, estão a relação entre curadoria e produção, como montar o orçamento de uma exposição, negociação de empréstimo de obras, seguro, transporte, produção local de obras para exposição, equipe e fornecedores, especificidades de montagem de vídeo instalações, entre outras atividades que envolvem a produção profissional de exposições em instituições e espaços diversos. As inscrições podem ser feitas pelo Sympla ou através do email jaquebeltrame@gmail.com. Será fornecido certificado após o final do curso, para alunas e alunos presentes nos dois dias.

Jaqueline Beltrame tem duas décadas de experiência em produção cultural, e foi Produtora Executiva da Fundação Iberê Camargo e de diversas edições da Bienal do Mercosul; produziu exposições em locais como Santander Cultural e Instituto Ling. É uma das fundadoras, produtora e curadora do Cine Esquema Novo – Arte Audiovisual Brasileira, além de produtora executiva de cinema e projetos culturais em diversas áreas.
O curso tem Apoio do RS Criativo, e Apoio Divulgação da AAMACRS – Associação de Amigos do Museu de Arte Contemporânea do RS.

Serviço:
Curso Produção Executiva em Artes Visuais – planejamento e execução de exposições
Data e horário: 17 e 18 de dezembro, das 9h às 13h.
Local: Hub Criativa Birô (Sala Sergio Napp 2), na Casa de Cultura Mario Quintana – Rua dos Andradas, 736, Centro Histórico / Porto Alegre
Inscrições e valores:
No Sympla
Profissionais de área e estudantes: R$150,00 (+ R$15,00 taxas), em até 12 x R$ 17,06
Profissionais de outras áreas: R$200,00 (+ R$20,00 taxas), em até 12 x de R$ 22,75
Link: https://www.sympla.com.br/curso-producao-executiva-em-artes-visuais–planejamento-e-execucao-de-exposicoes__727986
Através do email jaquebeltrame@gmail.com:
Mesmos valores, sem cobrança de taxas, à vista.

Confira o release da exposição Pacto da Terra, de Bea Balen Susin, na Galeria Xico Stockinger. Dia 10 de dezembro, às 19h.

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul, a Secretaria de Estado da Cultura, o Instituto Estadual de Artes Visuais, o Centro de Desenvolvimento da Expressão e o Museu de Arte Contemporânea convidam para a abertura da exposição

PACTO DA TERRA

as paisagens de Beatriz Balen Susin

No dia 10 de dezembro, às 19h, o Museu de Arte Contemporânea do RS – MACRS inaugura a exposição Pacto da Terra, de Bea Balen Susin, com curadoria da equipe do MACRS, na Galeria Xico Stockinger, 6º andar da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736 – Centro Histórico – Porto Alegre/RS).

A mostra exibirá 18 telas de grandes dimensões, pintadas a óleo, compostas de paisagens feitas pela artista a partir de fotografias tiradas em suas viagens pelo Rio Grande do Sul. Conforme menciona o artista visual e professor, Paulo Gomes, que assina o texto de apresentação da obra de Beatriz, os pontos de partida da artista são: a pintura a óleo, a composição dos formatos, os desenhos subjacentes e sobrepostos à pintura na estruturação da tela e a cor generosa e impositiva.

Ainda nas palavras de Paulo Gomes ” As paisagens de Beatriz Balen Susin aportam para o espectador uma experiência fundamentalmente perceptual: impactam pela configuração, pela forma, pela cor e, principalmente, pela identificação inevitável que promovem. São imagens de inegável apelo sinestésico, trazendo o mundo e as questões ecológicas — veja o título Pacto da Terra — de forma íntegra e potente, como só conseguem realizar aqueles para quem os meios estão integralmente à altura dos fins a que aspiram”.

Pacto da Terra fica em visitação até o dia 12 de janeiro de 2020, com entrada gratuita.

Beatriz Balen Susin (Caxias do Sul/RS, 1946) vive e trabalha em Porto Alegre. Tem formação em artes plásticas e música. Ganhou prêmios como Prêmio Pintura 71 – Curso Internacional de Teresópolis (1971); Medalha de Ouro Salão da Ferrovia (1979), no Rio de Janeiro, assim como indicações no Prêmio Açorianos de Pintura de Porto Alegre/RS (2012). Suas últimas exposições individuais foram Memórias das Águas, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul – MARGS (2017) e Desenhos “Sobre Olhares”, no Atelier da Prata, Carlos Wladimirsky (2018), em Porto Alegre/RS. Expôs em 85 mostras coletivas, sendo as últimas na Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa e no 31º e 32º Intercâmbio Internacional de Miniarte Ilusão – Gravura Galeria de Arte, em Porto Alegre / RS (2018).

___________________________________

Serviço:

Abertura da Exposição Pacto da Terra, de Bea Balen Susin

Data: 10 de dezembro de 2019

Local: Museu de Arte Contemporânea – Galeria Xico Stockinger, 6º andar da Casa de Cultura Mario Quintana (rua dos Andradas, 736 – Centro Histórico – Porto Alegre/RS)

Visitação: de 10 de dezembro de 2019 a 12 de janeiro de 2020.

Horário: de segunda à sexta-feira, das 10h às 18h. Sábados, domingos e feriados: das 12h às 18h.

Entrada gratuita

Acompanhe os últimos eventos e exposições apoiados pela AAMACRS:

Sábado tem Mercado de Arte no Mundaréu, em parceria com a Associação de Amigos do Museu de Arte Contemporânea do RS. Grande venda de obras artísticas doadas para a associação em apoio ao museu. Serão mais de 100 trabalhos ao preço único de R$200,00 cada. Na compra de uma obra concorra a outra, que será sorteada no final do evento. Todo o valor arrecadado com a venda das obras será destinado à restauração de dois bondes históricos da Carris, que serão instalados no pátio externo da nova sede do MACRS no IV Distrito. A loja está lotada de novidades e, neste dia, a barganha vai correr solta e livre pelos corredores do Mundaréu. Venha se divertir negociando com a gente! Vai ter também uma oficina de arte para crianças realizada no Pacífico, que fica dentro do Mundaréu – Criaturas Bizarras e uma Explosão de Sentimentos, com T de Tati. Das 10 horas até às 12 horas, investimento de R$70,00. Mais informações pelo telefone (51) 98941-0123. E não poderia faltar as gostosuras do Tapas y Besos da chef Marília Cavalheiro. Sábado, 30/nov, das 10 horas até às 18 horas.

A ação MAC NA RUA começou no dia 20/11 e os displays para comprar os cartazes dos designers gráficos já estão nos bares e restaurantes participantes. Veja abaixo as fotos da inauguração e os locais para visitar e garantir o seu cartaz.

25/11 – Eduardo Bins Ely, do Jornal do Comércio, também contou como foi o II Leilão de Arte Contemporânea de Porto Alegre. Ao lado podemos ver o conteúdo publicado pelo jornalista na segunda-feira, dia 25.

21/11 – Como foi o leilão de arte realizado na ala residencial do Piratini

Ao lado, a Zero Hora conta no caderno REDE SOCIAL como foi o II Leilão de Arte Contemporânea de POA. Você também pode conferir mais informações em outra notícia digital diretamente no link do jornal.

20/11 – Confira a galeria de fotos do II Leilão de Arte Contemporânea que aconteceu na ala residencial do Palácio Piratini, no dia 19/11/2019, por @vinidallarosa.

20/11 – Veja as fotos do @jonas_adriano do II Leilão de Arte Contemporânea de Porto Alegre.

14/11 – A Associação dos Amigos do Museu de Arte Contemporânea do RS organiza leilão de arte e coquetel beneficente na ala residencial do Palácio Piratini em prol da construção da nova sede do MAC no IV Distrito de Porto Alegre.

Evento reunirá as principais galerias de arte da cidade e mais de 100 artistas que doaram obras para leilão de arte contemporânea na noite de 19 de novembro, a partir das 21h, na sede oficial do governo do Estado do RS.

Com a missão de arrecadar fundos em prol da construção da nova sede do MACRS, a Associação dos Amigos do Museu de Arte Contemporânea do RS, em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura, realizará na noite do dia 19 de novembro, terça-feira, o seu II Leilão de Arte Contemporânea, a partir das 21h, na ala residencial do Palácio Piratini. O evento é aberto a colecionadores e público interessado mediante cadastramento prévio de presença pelo telefone (51) 99114 2033.

Nomes reconhecidos no campo da arte como Walmor Correa, Xadalu, Claudia Hamerski, Elida Tessler, Heloisa Crocco, Tulio Pinto, Maria Tomaselli, Zoravia Bettiol, Paula Plim, Lou Borghetti e Oskar Metsavaht estão entre mais de uma centena de artistas (lista completa abaixo em ordem alfabética) que se engajaram na causa e doaram integralmente suas obras para a ocasião. Também o experiente leiloeiro Daniel Chaieb e as principais galerias de arte da cidade doaram suas comissões em apoio ao projeto do novo MAC no IV Distrito. Galerias tradicionais no mercado de arte local participam ainda com obras dos mestres Iberê Camargo, Vasco Prado, Xico Stockinger e Danúbio Gonçalves.

O projeto da nova sede do MACRS no IV Distrito (Rua Comendador Azevedo, 256, Bairro Floresta), transcenderá os tradicionais espaços expositivos, rompendo paradigmas de intervenção e interação urbana, transformando a relação das pessoas com o Museu e representará uma nova experiência no campo social da arte. Confira a visita virtual ao futuro museu acessando o vídeo do projeto no link:

De estilo neoclássico, a ala residencial da sede do governo do RS, é um espaço exclusivo e que nunca serviu de cenário para um evento aberto à comunidade – portanto trata-se de uma oportunidade rara comparecer ao leilão. O prédio, localizado no Centro Histórico de Porto Alegre, é patrimônio cultural, levou quase 20 anos para ser concluído e foi feito com material vindo da França, dos alicerces ao gesso. O leilão será antecedido de um coquetel beneficente, assinado pelo Grupo Press Gastronomia, reinaugurando o Salão de Verão e jardim da residência oficial, cujo ingresso, no valor simbólico de R$ 500,00, será doado ao projeto do Museu. Personalidades gaúchas atentas à causas culturais e filantrópicas poderão adquirir o convite e fazer sua doação através do telefone (51) 99114 2033, com Aline. A DJ e performer Julha Franz será responsável pela playlist musical que recepcionará os convidados benemerentes pré-leilão e o comunicador Tulio Milman colaborará na descrição dos excepcionais lotes artísticos a serem arrematados.

A Associação é uma instituição privada de caráter público, sem fins lucrativos, e trabalha voluntariamente para desenvolver projetos que repensam o papel do Museu no século XXI. “Com a finalidade de integrar as ações que buscam recursos para garantir a sustentabilidade econômica do MACRS, que atualmente abriga mais de 1300 obras, contamos com amplo apoio das principais galerias de arte da cidade e de expressiva representação dos artistas” – completa o arquiteto Marcio Carvalho, presidente da AAMACRS.

Através desta rede de diferentes colaboradores, o objetivo é colecionar gestos de doação que possibilitam transformar o MACRS IV Distrito em um museu vivo e aberto à manifestações contemporâneas em torno da arte, cultura e ação social: “Um museu educativo, inclusivo e dedicado ao desenvolvimento humano, trabalhando diretamente com os artistas e os diversos públicos locais para receber visitantes de todos os lugares” – explica André Venzon, artista visual e diretor do MACRS.

GALERIAS DE ARTE E MOLDURARIAS QUE APOIAM A NOSSA CAUSA:

Arte&Fato, Bella Vista Arte & Molduras, Bolsa de Arte, Calafia, Delphus, Edelweiss, Galart, Galeria Duque, Galeria Gravura, Galeria Tina Zappoli, Genuína Obra, Gestual, Mamute, Martini Arte, Nieto e Prego.

ARTISTAS QUE DOARAM:

Adriana Giora, Alenyr Avila, Alexandre Pinto Garcia, Allan Seabra, Amélia Brandelli, Ana Mahler, Ananda Kuhn, André Venzon, Andréa Bracher, Antônio Augusto Bueno, Beatriz Balen Susin, Bina Monteiro, Britto Velho, Broulla, Bruno Borne, Bruno Noveli, Camila Elis, Carla Barth, Carlos Leão, Carlos Scliar, Celo Pax, Celso Chittolina, Cláudia Barbisan, Cláudia Hamerski, Claudio Tozzi, Clóvis Dariano, Daniel Escobar, Danúbio Gonçalves, Denise Haesbaert, Denise Kovalski, Diego Medina, Djalma do Alegrete, Eduardo Haesbaert, Elida Tessler, Élle de Bernardini, Emanuel Monteiro, Ena Lautert, Esther Bianco, Felipe Caldas, Fernanda Valadares, Fernando Duval, Flávio Gonçalves, Fukuda, Gelson Radaelli, Geraldo Markes, Gilberto Perin, Gisela Waetge, Glauco Rodrigues, Guilherme Dable, Guilherme Soffi, Gus Bozzetti, Heloisa Crocco, Henrique Fuhro, Hô Monteiro, Iberê Camargo, Ivan Pinheiro Machado, Jorge Menna Barreto, Júlio Ghiorzi, Karen Axelrud, Leonardo Fanzelau, Leopoldo Plentz, Letícia Lampert, Leticia Lopes, Leticia Remião, Lisette Guerra, Lou Borghetti, Louise Kanefuku, Luiz Barth, Luiz Felkl, Magna Sperb, Marcos Fioravante, Maria Tomaselli, Marilice Corona, Mário Röhnelt, Maristela Salvatori, Mariza Carpes, Marros, Martha Penter, Milton Kurtz, Neca Sparta, Nico Rocha, Oskar Metzavah, Otto Sulzbach, Patrícia Langlois, Paula Plim, Paulo Amaral, Renina Katz, Ricardo Aguiar, Romy Pocztaruk, Roseli Jahn, Rubem Ludolf, Sandra Rey, Sandro Ka, Silvia Brumm, Teresa Poester, Teti Waldraff, Theo Felizzola, Tonico Alvares, Trindade Leal, Túlio Pinto, Ubiratã Fernandes, Vasco Prado, Walmor Correa, Walter Karwatzki, Xadalu, Xico Stockinger, Zetti Neuhaus, Zimmermman e Zoravia Bettiol  

LEILOEIRO OFICIAL:

Daniel Chaieb – Agência de Leilões e Espaço Cultural Porto Alegre

APOIO: Brascril, Grupo Press Gastronomia, Molduras Santos e Project Som.

SERVIÇO:

II Leilão de Arte Contemporânea da AAMACRS:

Dia 19 de novembro de 2019, terça-feira, das 21h às 23h, na Ala Residencial do Palácio Piratini (Praça Mal. Deodoro, s/n, Centro Histórico, Porto Alegre/RS), no Salão dos Espelhos.

*Evento aberto a colecionadores e público interessado mediante cadastramento prévio pelo telefone (51) 99114 2033.

Coquetel Beneficente pré-leilão:

Dia 19 de novembro de 2019, terça-feira, das 19h às 21h, na Ala Residencial do Palácio Piratini (Praça Mal. Deodoro, s/n, Centro Histórico, Porto Alegre/RS), no Salão de Verão e jardim anexo.

*Evento beneficente, acesso exclusivo mediante aquisição de convite pelo telefone 51 99114 2033 (c/ Aline), no valor simbólico de R$ 500,00, a título de doação para Associação de Amigos do Museu de Arte Contemporânea do RS.

CONFIRA O QUE SAIU NA IMPRENSA:

Felipe Vieira – 11/11

Felipe Vieira – 19/11

G1

Portal Press

Revista Onne

Portal Cult

Jornal do Comércio

Roger Lima

Zero Hora – 13/11

Zero Hora 18/11

19/11 – II Leilão de Arte Contemporânea, por Zero Hora

14/11 – O Metro Jornal também falou sobre o leilão de arte do MACRS. Confira o que eles disseram!

14/11 – Correio do Povo sobre o II Leilão de Arte Contemporânea no dia 19 de novembro no Palácio Piratini.

14/11 – Veja o que o Correio do Povo falou sobre o II Leilão de Arte Contemporânea de Porto Alegre.

14/11 – II Leilão de Arte Contemporânea, por Zero Hora

14/11 – Veja também o que Eduardo Bins Ely tem a dizer sobre o II Leilão de Arte Contemporânea em Porto Alegre.

14/11 – Confira o que o Jornal do Comércio falou sobre o II Leilão de arte contemporânea de POA.

06/11 – Confira também a notícia sobre o II Leilão de Arte Contemporânea que saiu na Zera Hora (versão impressa).

Ainda mais notícias sobre o II Leilão de Arte Contemporânea

01/10 – Agenda MACRS Outubro 2019

Confira o que vai rolar no Museu de Arte Contemporânea do RS em Outubro.

06/09 – Talk sobre arte e arquitetura no IV distrito 

Cultura, arte contemporânea e arquitetura: este é o tripé que o MACRS procura fortalecer no IV Distrito com sua nova sede em 2020. As ações que visam conectar estas três áreas e trazer ainda mais vida ao novo bairro do Museu já começaram. Uma delas foi a conversa que o presidente da AAMACRS, Márcio Carvalho, e o Diretor do MACRS, André Venzon, no dia 6 de setembro de 2019, tiveram com o arquiteto participante da CASACOR RS 2019, Daniel Wilges, e o vereador Valter Nagelstein (apoiador do projeto Master Plan que já busca revitalizar o bairro). 

Neste encontro, o grupo se reuniu para conversar e entender juntos como podem elaborar planos que trabalhem a favor de Porto Alegre e de uma cidade mais aberta e direcionada à comunidade. A ideia é construir projetos em equipe que pensem nas pessoas e em como elas podem aproveitar melhor os espaços públicos e o próprio IV Distrito de Porto Alegre.

27/08 – MAC nas Universidades

Nas últimas semanas, a arte contemporânea entrou nas universidades gaúchas e trouxe aos estudantes de Arquitetura e Urbanismo um grande desafio: desenvolver propostas arquitetônicas para revitalizar a nova sede do MACRS no IV Distrito de Porto Alegre. 

Um dos maiores objetivos do MACRS (desde a sua fundação) é a conquista de um espaço que permita ao Museu expandir atividades expositivas e educativas, ampliando seus limites de atuação. Hoje, mais de 150 alunos também estão participando deste projeto e construindo ideias para a reforma do imóvel doado pelo Estado do Rio Grande do Sul. 

O terreno em questão admite um potencial edificável superior a 5 mil m², dos quais hoje apenas 500 m² estão edificados. Por isso, visando entender possíveis diretrizes para esta ocupação definitiva, a Associação dos Amigos do Museu desenvolveu um concurso público em que as universidades FEEVALE, UNIRITTER, ULBRA e UNISINOS aceitaram o convite de analisar o novo terreno do MACRS como tema de disciplinas de Atelier de Projeto. 
O objetivo do programa é compor um panorama dos desafios e potencialidades deste novo terreno, buscando integrar o Museu à comunidade e trazendo ainda mais valor ao novo bairro do Museu de Arte Contemporânea do RS.

27/07 – Apresentação da estratégia do MACRS para o Governador do Estado do Rio Grande do Sul

No dia 27 de julho de 2019, o Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, reservou a tarde de sábado para visitar os museus de arte do Estado. No roteiro, o MACRS também fez parte dessa trajetória, sendo visitado pelo Governador e pela Secretária da Cultura, Beatriz Araújo. 

No mesmo dia, o presidente da AAMACRS, Márcio Carvalho, representando a associação, e o Diretor do MACRS, André Venzon, apresentaram ao Governador a estratégia do Museu de Arte Contemporânea do RS para os próximos 4 anos de atuação. Além disso, também foi apresentado o projeto da futura sede do Museu, que tomará seu lugar na rua Comendador Azevedo, no IV Distrito, em Porto Alegre. 

Para saber mais sobre este roteiro e as demais visitas, acesse o site do governo e fique por dentro de todas as inovações culturais previstas para o futuro. 

16/07 – Arte contemporânea no IV Distrito, por Túlio Milman

O Museu de Arte Contemporânea do RS já está com sua nova sede reservada no IV Distrito de Porto Alegre e o jornalista da Zero Hora, Túlio Milman, falou sobre a inauguração deste novo espaço e os eixos de atuação que guiarão o Museu nesta nova etapa. 

Assim como informado pelo jornalista na matéria, o MACRS buscará avançar proativamente em relação às questões sociais emergentes, além de permitir novas formas de participação do público na era digital e envolver causas contemporâneas e comunitárias, promovendo a interação entre o Museu, a comunidade e o espaço. 

Confira a matéria na íntegra neste link